O foco das atividades da Escola de Cidadania de Sapopemba neste 2º semestre de 2017 é as juventudes. Há tempo sentia-se a necessidade de propor algo que envolvesse os jovens em suas várias realidades organizadas no território. Inaugurou-se, assim, em agosto um processo de agregação de jovens de entidades sociais e coletivos para discutir assuntos de interesse dos jovens e promover juntos atividades em que os jovens possam se encontrar, se conhecer, se expressar e se articular. Espera-se fortalecer, através de uma mais ampla organização juvenil a luta social, a participação política e a resistência neste momento político de ataques aos direitos e desmonte das políticas públicas nas periferias urbanas. O movimento reúne jovens ligados a várias entidades sociais, grupos da Pastoral de Juventude, grupos de cultura e outros coletivos autônomos. Entre as atividades deste semestre está um curso sobre instituições políticas exclusivo para jovens e um grande evento cultural previsto para o final de outubro.

Escola de Cidadania retoma trabalhos focando os jovens